Postagens

Crise do Questionar

Imagem
"Pensar incomoda tanto quanto andar na chuva." - Fernando Pessoa 

Você já parou para pensar que nos últimos tempos muitas pessoas tem mudado drasticamente sem motivo exato? Você nunca teve um amigo que de repente apareceu com o cabelo rosa pink curtindo um gênero musical muito nada a ver? 
Você já parou para pensar para onde estão indo os filósofos? O que estão fazendo com o nosso mundo? Já parou para pensar que talvez a poluição do mundo de fora está cegando os nossos olhos e nos impedindo de ver a verdade crua e nua que está bem na nossa frente? 

Já parou e se sentiu diferente demais? Já se sentiu revolucionário demais para o seu grupo de amigos? Já sentiu que uma peça que te dão não é a certa para a sua cabeça mas mesmo assim querem que coloca-la na sua cabeça? 
Então esse texto é para você...

Apesar de pensarmos que crianças não sofrem esse tipo de "problema"- de se sentirem deslocadas ou diferentes demais por não gostar de uma marca tal de boneca ou por querer ler …

Universos que criamos.

Imagem
"We can live in a world that we design."
As vezes eu me deparo com as pessoas, não é como encontra-las, é como pensar no que elas estão sentindo. Isso apavora todos os corações, até os mais experientes.
Acredito que cada pessoa tem um Universo enorme dentro de si, cada pessoa tem seus buracos negros que sugam suas energias nos piores dias e também tem seus momentos de Super Nova. Cada pessoa tem enormes estrelas dentro de si e janelas por toda parte que mostram um leve vislumbre desse Universo, uma das janelas é conhecida por ver tudo.

Os olhos são enormes janelas que trazem um pouco do mundo interior das pessoas, independente de qual cor eles forem. A cor só mostra a coloração que o Amor escolheu para pintar seus Universos, independente de serem azuis, verdes ou castanhos; todos os olhares trazem um pouco de dentro para fora.
E o mais intrigante sobre isso é que por mais que você conviva com a pessoa, você nunca vai conhecer o Universo dela por completo. Você nunca vai olhar…

Amor do Pai

Imagem
As lágrimas caiam como uma cachoeira dos olhos da jovem, as lágrimas transparentes riscavam sua pele escura mostrando sua dor.
- Odeio isso! Por que vivo ainda? - ela gritou - Por que não sou diferente?
As lágrimas duplicaram quando ela sentiu os braços fortes envolverem a sua pele.
"Calma."
- Não tem como.
O Filho do Homem olhou-a nos olhos, Ele era tão carinhoso, tão bondoso. Parecia um Leão de tão belo e de tão grande, Ele era estupendo!!
"Filha, está tudo bem."
- Como? Já viu o que fazem comigo?
"Eu vejo e sofro sempre que assisto" Ele mostrou as mãos com as enormes feridas dos cravos "Eu vim a esse mundo meu anjo, para viver as suas dores naquela tarde."
- Pai, dói tanto.
"Eu sei querida"
A jovem mostrou os braços cheios de feridas, os hematomas envolta de seus olhos. Sua roupa rasgada mostrava o quanto fora maltratada.
" Filha, tende bom ânimo, eu venci o mundo."
- Mas Papai, você é poderoso. Eu não sou nada.
" Por…

Crônica- The Girl with a kaleidoscope eyes

Imagem
Uma crônica em homenagem ao John Lennon com sua música que deu e dá o que falar, simplesmente a escolhi porque a amo de paixão.


A garota com olhos de caleidoscópio.
Quando eu era jovem, era um romântico inato; não do tipo conquistador, mas eu amava escrever os clichês e sonhar com o amor, sem contar que eu arranhava na guitarra então eu vivia escrevendo músicas românticas que grudavam na sua cabeça com aqueles "Na na na na na". Uma vez, lembro-me bem, eu conheci uma garota muito elegante, bonita; algo nela parecia ser tão natural e singular que eu me cativei por sua formosura mais rápido do que deveria. Não sei se eu era o bobo, ou se ela mostrava interesse mas eu sonhava em poder beija-la e passear com ela a todos os momentos. Eu era aquele típico garoto apaixonado escrevendo cada loucura dentro de meus cadernos que nem sei o que aconteceria se alguém lesse aquilo, viraria filme com toda certeza.  E recordo-me também, que aquela garota amava torta, amava música, amava a natureza…

Pra Você Guardei O Amor

Imagem
Ela sorriu, e riu ainda mais por saber que estava sorrindo... Como as coisas mudam em poucos meses, como as coisas mudam quando a pessoa certa entra na sua vida e fica nela. 
Mesmo estando apenas no canto de um biblioteca escrevendo devaneios estranhos com seus pulsos magros, ela sentia uma alegria ao ouvir sua música nos fones e queria pular de alegria por saber que aquela música combinava com ela. 
Um garoto tão singular como aquele "amigo" do Paul McCartiney era uma coisa rara de se encontrar, principalmente sabendo que ele gostava dela de verdade; sabia que ia sorrir para todo o sempre. 

Encontrar alguém com o coração dele era tão estranho, vivera a vida toda achando que aquelas pessoas só existiam em seus sonhos e lá estava uma delas; saída dos seus maiores sonhos. Seus sonhos eram tantos que mal cabiam em seu enorme coração, ela mal podia acreditar que conseguira entrar ali e consertar toda a bagunça que a dona daquele rosto pálido fizera. 
Ela estava chocada por ter conse…

What Can I Do?

Imagem
As coisas sempre melhoram, estranho pensar dessa maneira... mas é a mais pura verdade, as coisas melhoram. Demoram? Sim, mas um dia vão melhorar.
E foi nisso que aquele jovem garoto pensou enquanto se arrumava naquela manhã de primavera, ele olhou-se no espelho do banheiro arrumando o cabelo preto.

A vida realmente muda bem rápido, grandes coisas podem ocorrer em poucos dias e elas determinam o que vão acontecer daqui para frente, os olhares e os sorrisos mudam o nosso ser.
Todas essas questões o envolviam quando ele pensava na menina do Hey Jude...

Seu sorriso era lindo, seu jeito meio gótica o atraia e tudo mais que ela tinha faziam com que ele sonhasse em poder chama-la de sua.
Ela brincara muito com ele desde o dia do karaokê, ele conseguira arrancar lindos e sinceros sorrisos daqueles lábios pintados de batom.
Como o amor é algo curioso, primeiro não queremos ver mais ninguém com medo da paixão. Mas quando ela vem, tudo que desejamos é poder estar do lado daquela pessoa.

O jovem…

Tempo Perdido

Imagem
O garoto de olhos não mais tão brilhantes sorriu entrando no karaokê com os amigos, odiava barulho e muita gente junta para cantar algo desafinado; mas como eles queriam e insistiram para que fosse junto, o jovem apenas assentiu.

Não entendia como as pessoas gostavam de passar seu tempo ali, ele mesmo odiava aquilo; afastou os pensamentos de sua cabeça deixando a bateria tocar o ritmo de Tempo Perdido da Legião Urbana.

"Tão jovens, tão jovens, tão joveens para sofrer não?" perguntou ele a si mesmo

Sentaram-se todos numa mesa longe do som alto do karaokê, minutos depois enquanto o jovem devaneava em suas tristes lembranças um outro grupo de amigos apareceu.
Uma jovem moça fechava a cara cansada, virava os olhos quando perguntavam como estava... ela realmente parecia triste, sentou do lado do garoto ouvindo alguma coisa nos fones de ouvido.

O garoto dos sonhos maiores que seu coração procurou sorrir e tirou um dos fones dela, a jovem de pulsos magros olhou-o intrigada, seu ca…